Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Pai, Começa o começo!!

Quando eu era criança e pegava uma tangerina para descascar, corria para meu pai e pedia: - “pai, começa o começo!”.
O que eu queria era que ele fizesse o primeiro rasgo na casca, o mais difícil e resistente para as minhas pequenas mãos.
Depois, sorridente, ele sempre acabava descascando toda a fruta para mim. Mas, outras vezes, eu mesmo tirava o restante da casca a partir daquele primeiro rasgo providencial que ele havia feito.
Meu pai faleceu há muito tempo (e há anos, muitos, aliás) não sou mais criança.
Mesmo assim, sinto grande desejo de tê-lo ainda ao meu lado para, pelo menos, “começar o começo” de tantas cascas duras que encontro pelo caminho.

Hoje, minhas “tangerinas” são outras.
Preciso “descascar” as dificuldades do trabalho, os obstáculos dos relacionamentos com amigos, os problemas no núcleo familiar, o esforço diário que é a construção do casamento, os retoques e pinceladas de sabedoria na imensa arte de viabilizar filhos realizados e felizes, ou então, o enfrentamento sempre tão difícil de doenças, perdas, traumas, separações, mortes, dificuldades financeiras e, até mesmo, as dúvidas e conflitos que nos afligem diante de decisões e desafios.

Em certas ocasiões, minhas tangerinas transformam-se em enormes abacaxis......
Lembro-me, então, que a segurança de ser atendido pelo papai quando lhe pedia para “começar o começo” era o que me dava a certeza que conseguiria chegar até ao último pedacinho da casca e saborear a fruta.

O carinho e a atenção que eu recebia do meu pai me levaram a pedir ajuda a Deus, meu Pai do Céu, que nunca morre e sempre está ao meu lado.
Meu pai terreno me ensinou que Deus, o Pai do Céu, é eterno e que Seu amor é a garantia das nossas vitórias.

Quando a vida parecer muito grossa e difícil, como a casca de uma tangerina para as mãos frágeis de uma criança, lembre-se de pedir a Deus:
“Pai, começa o começo!”. Ele não só “começará o começo”, mas resolverá toda a situação para você.
Não sei que tipo de dificuldade eu e você estamos enfrentando ou encontraremos pela frente neste ano.
Sei apenas que vou me garantir no Amor Eterno de Deus para pedir, sempre que for preciso: “Pai, começa o começo!”.
Viviane Lopes Pires

Vereador quer presídio especial para Guarda Municipal

Vereador quer presídio especial para Guarda Municipal
Rafa Zimbaldi (esq.) e Thiago Ferrari
Depois de propor um sistema para que a Guarda Municipal tenha acesso aos dados do Prodesp – programa de processamento de dados usados pelas polícias Civil e Militar - o vereador Rafa Zimbaldi (PP) protocolou essa semana mais duas propostas que dizem respeito à GM.

A primeira prevê a construção de um presídio exclusivo para abrigar os guardas que se envolverem em algum tipo de crime. A segunda proposta é de que a corporação, assim como os familiares dos guardas, tenham direito a um acompanhamento psicossocial.

Segundo o vereador, as propostas visam garantir à Guarda Municipal de Campinas, os mesmos direitos que são concedidos aos policiais do Estado, uma vez que as corporações desempenham praticamente o mesmo papel. “Há casos em que a Guarda Municipal superou a Polícia Militar no patrulhamento ostensivo e no atendimento de ocorrências”, disse Rafa Zimbaldi.

De acordo com a proposta, a construção de presídios para os guardas poderia ser feito por meio de um convênio entre Estado e Município. Rafa Zimbaldi propõe que Campinas teria a incumbência de construir o prédio com alas separadas para presos temporários e provisórios, aqueles que devem pensão alimentícia e um espaço para as mulheres.

“O gerenciamento seria feito pelo próprio governo do Estado que já cuida da administração dos outros presídios destinados à policiais. Mas se o Estado colocar a responsabilidade para a prefeitura e ela tiver condições, assim fará”. Hoje, os presídios para policiais em São Paulo são comandados pelo Estado porque as duas instituições são de responsabilidade do governo paulista.

A cadeia contaria ainda com serviços de alimentação, enfermaria, e infra-estrutura básica para a manutenção do local. A segurança do prédio, de acordo com o projeto, será feita pela própria Guarda Municipal. O vereador afirma que a cidade não tem uma demanda que justifique a criação do presídio e por isso poderia receber presos que viessem de outras cidades da região metropolitana.

“Assim como as Polícias Civil e Militar têm um presídio próprio há uma necessidade de a Guarda também ter a sua unidade. Por questões de segurança eles não podem ir para um presídio comum. Hoje em Campinas não há nenhum guarda respondendo a processos criminais e o número de envolvidos com delitos na região é quase nenhum. Por isso acredito que trata-se de um projeto que a cidade tem condições de custear por ser algo pequeno”, avaliou.

Estatuto
Outro projeto que deve ser discutido nas próximas semanas pelos vereadores em plenário e também de autoria de Rafa Zimbaldi é a criação de uma divisão no Estatuto da Guarda Municipal. “Os guardas e seus familiares passariam a ter assistência psicológica. Trata-se de uma profissão que lida com uma série de situações delicadas e de estresse. Temos registros de casos de suicídio e de guardas que mataram a mulher ou ao contrário”, contou o vereador.

Texto: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Campinas
Fotos: A.C. Oliveira/CMC

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Mais um flagrante da Guarda Municipal de Leme

  Nesta segunda feira 04/07/2011, por volta das 16:00h as GCMF Ana Lucia e Camila foram acionadas na Secretaria de  Promoção Social onde um senhor alegou que havia deixado a sua bicicleta e a mesma havia sido furtada, o GCM Calcetti pode constatar através das imagens que um Sr. já de idade avançada com barbas crescidas trajando uma camiseta de cor vermelha e blusa de cor escura havia sido o autor do furto, com estas informações em mãos as GCMF obtiveram exito em localizar o suspeito reconhecendo características obtidas través das imagens tendo o mesmo confessado a pratica do crime ao ser abordado.
      O Indiciado tem 56 anos e alegou estar com vergonha pois nem sabia o que iria fazer com a bicicleta produto do furto, o mesmo foi conduzido para o distrito Policial onde a autoridade de plantão Dr. Edgar Albanez  autuou em flagrante delito por Furto, sendo impetrado a fiança mas o acusado alegou não ter condições de pagar, sendo assim, recolhido para a cadeia pública de Pirassununga.
     O curioso deste fato e que o acusado furtou uma bicicleta e estava voltando ao mesmo local para buscar a bicicleta de sua propriedade que se encontra no local.
      Esta ocorrência foi atendida pelas GCMF que trabalham no centro da cidade de Leme com bicicletas e teve o apoio dos GCMs Riciere/Patric/Anderson e Guedine.   
  
Bicicleta produto do furto
Indiciado por furto
Fonte: AGML, fotos e redação Lucival Ferreira