Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Guardas Municipais de SP passarão a registrar boletins de ocorrências eletrônicas neste ano


Marcos Carneiro Lima - Delegado Geral da Polícia Civil de São Paulo

Todas as Guardas Municipais do Estado de São Paulo passarão a registrar boletins de ocorrências eletrônicas neste ano.
Pelo menos 70% das ocorrências criminais – incluindo roubos, furtos, roubos de veículos e apropriação indébita de veículos – também poderão ser feitas eletronicamente até o final deste ano ou no início de 2013.
O anúncio foi feito ao Jornal Agora pelo delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Carneiro Lima, 50 anos. Segundo ele, o projeto está em fase final de estudos e a implantação só depende do convênio entre o Estado e as Prefeituras.
“O objetivo é beneficiar o cidadão, para que ele não fique sentando em uma delegacia, à espera de policiais e à mercê da incompetência do Estado”, disse Lima.
Por Josmar Jozino do Jornal Agora – 26/08/2012
Veja essa notícia e muitas outras na página da Federação Baiana das Associações dos Guardas Municipais - FEBAGUAM, através do link: http://www.febaguam.blogspot.com

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Túmulos foram atacados no último final de semana


Com a queda, a antiga imagem de Nossa
Senhora esculpida em mármore partiu-se em três pedaços e dos túmolos, foram retiradas peças em bronze e ferro
Da redação
No último final de semana, início da madrugada de domingo para segunda-feira, uma equipe da Guarda Civil Municipal composta pelos GCMs José Roberto, Sidnei e Ivone, em ronda pelo interior do cemitério municipal, flagraram e surpreenderam um grupo de jovens adolescentes praticando vandalismo em vários túmulos.
Alguns integrantes do grupo, ao avistarem a presença dos guardas, se evadiram pelos fundos do cemitério, mas três garotas, uma de 15 e duas de 16 anos de idade foram detidas e conduzidas até o plantão policial, onde na presença dos conselheiros tutelares, declararam não fazer parte do grupo que atacou e depredou os túmulos e nem tão pouco saberiam identificá-los.
Como já aconteceram em outras oportunidades, estes ataques aos túmulos do cemitério tem como objetivo extrair os metais para serem vendidos a preço de ferro velho.
Desta vez, muito embora a chegada da equipe da Guarda Municipal tenha interrompido os ataques, cinco túmulos foram danificados, das famílias: Tincani, Garcia, Mismete, Silveira e Machado Moraes.
Este tipo de ataque aos túmulos em nosso cemitério vem se tornando cada vez mais comum, isto porque os adolescentes descobriram que o material de lá extraído pode ser vendido facilmente em qualquer depósito de ferro velho.
Com o crescimento do número destas ações de vandalismo, várias cidades da região já vem mantendo, há um bom tempo, guardas noturnos e iluminação no interior de seus cemitérios, inclusive com câmeras filmadoras para preservar os túmulos e, ao mesmo tempo, impedir novos ataques, que ocorrem, na maioria das vezes, no período noturno. Pelo jeito já passou da hora de Cajuru também adotar estas medidas.
E quanto às três adolescentes que foram flagradas, após prestarem os depoimentos, por serem menores de idade, foram liberadas e entregues aos responsáveis.

MATÉRIA PUBLICA EM : WWW.JORNALDECAJURU.COM.BR